terroir_topo-min

O NOSSO TERROIR

Todas as uvas utilizadas nos vinhos Quinta de Santiago são provenientes dos seus 7,5h de vinhas plantadas em solo de origem franco-argiloso entre os 70 e os 100 metros de altitude e localizadas em microclima muito particular nos terraços aluviais do concelho de Monção. Tem uma exposição predominante de nascente sul e situa-se numa encosta suave (2-5%).

O NOSSO TERROIR

Todas as uvas utilizadas nos vinhos Quinta de Santiago são provenientes dos seus 7,5h de vinhas plantadas em solo de origem franco-argiloso entre os 70 e os 100 metros de altitude e localizadas em microclima muito particular nos terraços aluviais do concelho de Monção. Tem uma exposição predominante de nascente sul e situa-se numa encosta suave (2-5%).

Monção & Melgaço: A Origem do Alvarinho

A Quinta de Santiago situa-se na Sub-região de Monção e Melgaço, a qual tem lugar entre o rio e a montanha. Estende-se desde o vale do Rio Minho e dos seus afluentes, subindo na meia encosta da montanha, adaptando-se a diferentes tipos de terreno e alcançando razoáveis níveis de altitude. O Alvarinho desta sub-região está pouco exposto à influência do mar e tem, como uma das condições favoráveis ao seu desenvolvimento, a amplitude térmica na maturação, caracterizada por dias quentes e noites frias.

Este fator contribui para a proteção dos aromas e para a persistência do sabor, retendo a sua frescura. Jovem ou mais adulto, este Vinho Verde preserva sempre o seu carácter ao longo dos anos. No seu terroir, o Alvarinho deu origem a vários estilos de vinhos, espumantes e aguardentes. Todos incorporam algumas das suas características mais vincadas, e aproveitam a experiência e conhecimento dos produtores locais para a sua concepção.

As condições naturais de produção da sub-região: A Geologia, os Solos, o Clima e o Relevo

Na sub-região existe um vale principal, o vale do rio Minho, associado aos vales dos seus afluentes, sobressaindo o do rio Gadanha e do rio Mouro. a sub-região tem relevo vigoroso encontrando-se rodeada de montanhas que integram a parte portuguesa do grande maciço ibérico setentrional e que fazem, por um lado, a poente, a proteção dos ventos atlânticos e por outro a norte, sul e nascente uma bacia hidrográfica de microclima específico, podendo ser caracterizado globalmente por um clima temperado atlântico. Esta cordilheira montanhosa condiciona essencialmente a precipitação, a humidade e a temperatura do ar, fatores fundamentais na diferenciação da sub-região.

Um fator determinante para a caracterização de um Terroir é o solo, elemento fundamental no carácter da vinha e no perfil do vinho. Nesta região predomina o granito, no entanto a noroeste verifica-se a existência de grandes quantidades de sedimentos (argila e calhau rolado), bem como a existência de uma faixa de xisto na parte central da região. Outro fator determinante do Terroir Monção e Melgaço é o clima, condicionado pelo relevo existente na região. O facto de esta região ser cortada a sul, pela cadeia montanhosa do Vale do Minho, faz com que não sofra a típica influência Atlântica da Região do Vinhos Verdes, característica que condiciona a especificidade do Vinho Verde. O que juntamente com os alinhamentos montanhosos da Serra da Galiza a norte, que bem perto do rio Minho atingem proporções consideráveis, formam uma cintura montanhosa responsável pela existência de um microclima único.

Este microclima é caracterizado por ser um clima tipo temperado atlântico de influência continental, com invernos frios e chuvosos e um verão quente e seco. a presença de um conjunto significativo de superfícies de água (rio Minho e principais afluentes) induz uma regulação das temperaturas, o que faz com que as amplitudes térmicas sejam a adequadas para a produção de vinhos frescos e aromáticos. o conjunto destas características cria as condições necessárias para a produção do famoso vinho Alvarinho de Monção e Melgaço, produto único no mundo.

A viticultura e a enologia na sub-região

Os fatores humanos e nomeadamente a forma de cultivo da vinha e a enologia acentuam as diferenças dos factores naturais existentes na região.

terroirgrande-min